Follow by Email

domingo, 16 de Outubro de 2011

Motivos para não comer no McDonald’s


(NaturalNews) É sempre divertido quando a mídia "descobre" algo que acha que é novo, embora a comunidade de saúde natural tem falado há anos. O New York Times, por exemplo, recentemente publicou uma matéria intitulada: "Quando a droga causa problemas que deveria impedir". Cobrimos o mesmo tema durante anos, relatando sobre como a quimioterapia provoca cancêr, drogas contra osteoporose causam osteoporose e fraturas ósseas e como drogas anti-depressivas causam comportamento suicida.
A mais recente "nova" descoberta pela grande mídia é que o McLanche Feliz da McDonald's, composto por hambúrgueres e batatas fritas não vai se decompor, mesmo se você deixá-los fora por seis meses. Esta história  foi noticiada pela CNN, Washington Post e muitos outros estabelecimentos de mídia corporativa que se mostraram surpreendidas ao ver que "junk food" de cadeias de fast-food não se decompõem.
O engraçado nisso é que a indústria da saúde natural já relatou este tópico anos atrás. Lembre-se do vídeo "The World's First Bionic Burger" (em português: "O primeiro Burguer biônico do mundo")? O vídeo foi publicado em 2007 e, eventualmente, acumulou 2 milhões de visualizações no YouTube. Este vídeo mostra um jovem que comprou seu hambúrgueres do McDonald's em 1989 - hambúrgueres que ainda não foram decompostos em mais de duas décadas!
Agora, ele tem um museu inteiro de hambúrgueres não decompostos em seu porão.
Será que a mídia relatou esta história? Não. Nem uma palavra. A história foi completamente ignorada. Foi somente em 2010 quando uma artista postou uma história sobre a não-decomposição do hambúrguer do McDonald's de seis meses atrás que as redes de notícias noticiaram a história.
Isto é especialmente interessante, porque o mais recente "Happy Meal Project", que acompanha um hambúrguer somente durante seis meses, tem atraído bastante críticos que dizem que os hambúrgueres vai se decompor, se você der tempo suficiente. Eles, obviamente, não sabem sobre o museu de hambúrgueres mumificados que vem desde 1989. Este material parece nunca se decompor!

Por que o hambúrguer do McDonald's não se decompõe?

Então por que o hambúrguer e batatas fritas de fast-food não se decompõem em primeiro lugar? A primeira resposta que vem a cabeça é "Bem, eles devem ser feitos com tantos produtos químicos que nem mesmo os fungos irão comê-los."
Embora isso seja parte da resposta, esta não é toda a história.
A verdade é que muitos alimentos processados não se decompõem e não serão comidos por fungos, insetos ou até mesmo roedores ou baratas . Tente deixar um pote de margarina fora no seu quintal e veja se será comido. Você verá que a margarina parece também ser imortal!
Batatas fritas podem durar décadas e pizzas congeladas são notavelmente resistentes à decomposição.
Com as carnes, o principal motivo de elas não se decomporem é pelo seu alto teor de sódio. O sal é um ótimo conservante, como os primeiros seres humanos já sabem há milhares de anos. Os hambúrgueres de carne do McDonald's  são absolutamente carregados com o sódio - tanto que eles qualificam como carne "preservada", antes mesmo de levar em conta os produtos químicos que você pode encontrar na carne.
Para mim não há muito mistério sobre a carne não se decompor. A real questão é porque os pãezinhos não mofam? Essa é a parte realmente assustadora, já que o pão saudável começa a mofar dentro de poucos dias. O que poderia ter nos pães de hambúrguer do McDonald's que repelem a vida microscópica por mais de duas décadas?
Como vocês verão, a não ser que você seja um químico você provavelmente não poderá nem mesmo ler os ingredientes em voz alta. Aqui está o próprio site do McDonald's dizendo o que você vai encontrar em seus pães. (Nota: Eu não consegui achar no site brasileiro do Mc'Donald's a lista completa de ingredientes do pão):
Farinha enriquecido (farinha de trigo branqueada, farinha de cevada maltada, niacina, ferro reduzido, mononitrato de tiamina, riboflavina, ácido fólico, enzimas), água, xarope de milho rico em frutose, açúcar, fermento, óleo de soja e/ou óleo de soja parcialmente hidrogenado, contém 2% ou menos do seguinte: sal, sulfato de cálcio, carbonato de cálcio, glúten de trigo, sulfato de amônia, cloreto de amônia, condicionadores de massa (estearoil lactilato de sódio, DATEM, ácido ascórbico, azodicarbonamida, mono e diglicerídeos, monoglicerídeos etoxilados, fosfato monocálcico, enzimas , goma guar, peróxido de cálcio, farinha de soja), lecitina de soja, propionato de cálcio e propionato de sódio (conservantes).
Grande coisa, hein? Você deve particularmente adorar o xarope de milho rico em frutose (diabetes, alguém?), óleo de soja parcialmente hidrogenado (vai aí uma doença cardíaca?) E a longa lista de produtos químicos como o sulfato de amônia e de sódio proprionato. Hummm. Estou salivando só de pensar nisso.
Agora aqui é a parte verdadeiramente chocante sobre tudo isso: Na minha opinião, a razão pela qual nada vai comer pão de hambúrguer do McDonald's (exceto um ser humano) é porque não é comida!



Vítima Inocente


O principal público alvo do McDonald's são as crianças. Elas são atraídas através do palhaço Ronald, das caixinhas coloridas com brinquedos, propagandas com crianças etc. Este público é o mais indefeso de todos, por não possuir personalidade formada ainda e pelos pais que tendem a satisfazer suas vontades. Quem tem filhos sabe o quanto é difícil controlá-los quando desejam alguma coisa. E com isso lá estão as crianças ingerindo os alimentos mais prejudiciais existentes.

Hipocrisia

"Vamos comer um BigMac! A renda será totalmente revertida para as criancinhas vítimas de câncer!" É no mínimo irônico que a mesma empresa responsável por estimular maus hábitos alimentares em crianças, e por vender inúmeros alimentos que aumentam o risco ao câncer, faça uma campanha dessas. E as pessoas ingenuamente acreditam que estão comendo um hamburguer por uma boa causa! Se você quer ajudar as crianças com câncer, entre em contato com uma instituição e o faça diretamente. Fazemos a Diferença!!!

                                                 O Mc Donalds está a destruir a nossa identidade cultural.

Ao vender produtos Americanos, feitos por e para Americanos, o Mc Donalds é parte integrante do Imperialismo Ianque, que está disposto em transformar em colônias as terras Européias e Sul-Americanas. A identidade Européia é violada por máquinas de fazer dinheiro como o Mc Donalds, a Coca Cola, a Levis, a MTV, a Mc Cain, a Nike, etc…

                                                                        O Mc Donalds mente!

Nos Estados Unidos o Mc Donalds foi considerado culpado de publicidade enganadora. No decorrer de uma das sessões o advogado procurador declarou "A comida do Mc Donalds NÃO POSSUI qualquer valor nutritivo. A intenção e o resultado das campanhas de publicidade utilizadas são as de enganar os clientes, ao dizer-lhes exatamente o oposto".
Quando ouviremos falar de tal julgamento na Europa?

                                                              O Mc Donalds é um explorador!

O Mc Donalds possui cerca de 500000 empregados, (a maioria são mulheres adolescentes e estudantes) e 80% desses empregos não são a tempo inteiro e são mal pagos. Os empregados trabalham por algumas horas e não são permitidas as sindicalizações. Em São Francisco, o Mc Donalds utilizou um detector de mentiras para averiguar se algum dos novos empregados eram membros de algum sindicato!

                                                             O Mc Donalds é um manipulador!

5% dos lucros do Mc Donalds são aplicados em publicidade. Esta publicidade é principalmente dirigida às crianças, que evidentemente são mais fáceis de persuadir. Os pais são obrigados a visitar o Mc Donalds com os seus filhos numa base regular. O resultado é que em cada minuto 13000 pessoas estão a comer o mesmo hambúrguer.



Nenhum animal normal vai ver o pão de hambúrguer do McDonald's como alimento, e como se constata, nem as bactérias ou fungos. Para os seus sentidos, o material apenas não é comestível. É por isso que esses pães de hambúrguer biônico nunca irão se decompor.
E isto me leva ao meu ponto final sobre esta cômica distração: Existe uma única espécie no planeta Terra que é estúpida o suficiente para pensar que um hambúrguer do McDonald's é comida. E esta mesma espécie está sofrendo de elevadas taxas de diabetes, câncer, doenças cardíacas, demência e obesidade. Se alega que esta espécie seja a espécie mais inteligente do planeta, mas ainda assim ela se comporta de uma maneira imbecil que alimenta seus filhos de produtos químicos venenosos e de tal abomináveis produtos que não são alimentos, mesmo que nem fungos irão comê-los (e fungos comem até esterco de vaca, para sua informação).

Você conseguiu adivinhar de qual espécie estamos falando?

Essa é a história real aqui. Não é que os hambúrgueres do McDonald's não irão se decompor, mas é que as pessoas são estúpidas o suficientes para comê-los. Mas pode ter certeza que não irá tão cedo ver a Globo, BBC ou CNN reportarem esta matéria.
Dando uma olhada na tabela de nutrientes, achei também vários alimentos que contém glutamato monossódico, que vimos anteriormente que pode causar vários danos a saúde. Ajude a divulgar esta matéria, temos que educar nossos conterrâneos sobre a verdade por trás desta cadeia de fast-food que os brasileiros tanto idolatram.




Esfomeando os pobres


Enquanto milhares de pessoas morrem de fome todos os dias, vastas áreas de terra em países subdesenvolvidos são usadas para pastagens de gado ou para o cultivo de cereais que irão alimentar animais, que por sua vez vão ser comidos no ocidente.O McDonald's promove continuamente produtos à base de carne, encorajando as pessoas a comerem carne mais freqüentemente, o que leva ao desperdício de mais e mais reservas de alimento.145 milhões de toneladas de cereais, com as quais se alimenta o gado, produzem apenas 21 milhões de toneladas de carne e derivados. Com uma dieta vegetariana a Grã-Bretanha, por exemplo, poderia facilmente ser auto-suficiente em comida.

Destruição o Planeta


As florestas mais bonitas do mundo estão sendo destruídas num ritmo apavorante por companhias multinacionais. O McDonald's admitiu usar carne criada em terras de ex-florestas úmidas. O uso de terras agrícolas feito pelas multinacionais e pelos seus fornecedores força as populações locais a mudarem-se para outras áreas e a cortarem ainda mais árvores, agravando o já preocupante problema do desmatamento. O McDonald's é a multinacional que mais usa carne em todo mundo. O metano emitido pelo gado criado pela indústria da carne é um dos principais causadores da crise de "aquecimento global" além disso, todos os anos, o McDonald's gasta milhares de toneladas de embalagens desnecessárias que acabam nas cestas de lixo.

Arruinando a sua Saúde



O McDonald's promove sua "comida" como sendo saudável, mas a realidade é que possui um teor de gordura demasiadamente alto, além do excesso de açúcar e sal, e baixa quantidade de fibra e vitaminas. Uma alimentação desse tipo aumenta o risco de doenças cardíacas, câncer, diabetes e outras doenças. A "comida" do McDonald's também contém muitos aditivos químicos, alguns dos quais são causadores de saúde precária e hiperatividade nas crianças. Não se esqueça também que a carne é a causa da maioria dos acidentes de intoxicação alimentar.


Assassinato em Massa
Os cardápios das lanchonetes são baseados na tortura e no assassinato de milhões de animais inocentes. A maior parte destes animais são criados intensivamente, sem acesso ao ar fresco e à luz solar, e sem liberdade de movimentos. As suas mortes são cruéis; o abate humano é um mito, os animais no abate são aturdidos quase sempre de maneira pouco eficaz, fazendo com que estes sejam degolados ainda plenamente conscientes.





Sem comentários:

Enviar um comentário